Rotomoldagem

O que é Rotomoldagem

Rotomoldagem ou moldagem rotacional é um processo industrial de transformação de termoplásticos para fabrico de produtos ocos de plástico.

No processo de rotomoldagem pode-se obter peças constituídas por polietileno, EVA (etileno vinil acetato), pvc, plastisol ou qualquer outro tipo de resina termoplástica.

O princípio de transformação de termoplásticos por rotomoldagem é simples. O processo consiste na introdução de uma quantidade previamente definida de resina em pó num molde oco. O molde é colocado em rotação bi-axial, a abaixa velocidade, à medida que é aquecido dento de um formo para derreter a resina nele contido. A resina derretida durante o processo de rotação adquire a forma das paredes internas do molde à medida que solidifica.

O molde para rotomoldagem pode ser de alumínio, cobre, níquel, aço, resina, gesso ou cerâmica, devendo este ter a forma do produto desejado.

 
As quatro principais fases do processo de rotomoldagem:

  • Carregar uma quantidade predefinida de resina polimérica em pó dentro do molde.
  • Aquecer o molde dentro de um forno, enquanto este mantem uma rotação constante, fazendo com que a resina se derreta e consiga aderir às paredes do molde. A rotação do molde deverá ser sempre efectuada em dois ou mais eixos para garantir uma boa distribuição da resina polimérica derretida.
  • Extrair o molde do forno e arrefecer o molde para solidificar a resina no seu interior, permitindo o manuseamento da peça formada por um operador.
  • Remover a peça do interior do molde.

 
Rotomoldagem – Sistema Carrossel

Como Funciona

Representação do processo de rotomoldagem:

  • Sistema Carrossel – As 4 fases do processo.

 

Fase 1:

  • Início da sequência do processo de rotomoldagem.
  • Enchimento do molde com uma dose de Resina Polimérica.
  • Fecho do molde e colocação sobre o carrinho automatizado.

 

Fase 2:

  • Introdução do molde no forno.
  • O molde é mantido em cotação constante .
  • Início do processo de fusão da resina em contacto com as paredes do molde.

 

Fase 3:

  • Entrada do molde na estação de arrefecimento a ar..

 

Fase 4:

  • Extracção do produto final do molde.

 

As vantagens da Rotomoldagem

A rotomoldagem apresenta vantagens quando comparado com outros processos industriais de transformação de termoplástico (injecção, sopro, vácuo). Neste processo obtêm-se peças com baixo ou alto nível de complexidade, peças completamente herméticas e ocas ou com dimensões que podem ir até aos 25000 litros como tanques ou silos.

  • Um produto oco pode ser fabricado em uma peça única sem linhas de junta ou uniões.
  • O produto final não está sujeito a tenções.
  • Os moldes são relativamente acessíveis no custo de produção.
  • O tempo de execução de um molde é curto.
  • A produção de pequenas peças é economicamente viável.
  • Muito baixo desperdício de material para execução do produto.
  • Possibilidade de criar produtos multicamada.
  • Resistente à fissuração e corrosão.
  • Possibilidade de inserção de elementos metálicos de acordo com as especificações do produto.
  • Possibilidade de inserir gráficos de alta qualidade.

Mercados a que se destina

As possibilidades de aplicação para os produtos obtidos por rotomoldagem são imensas:

  • Industria Alimentar.
  • Industria farmacêutica e terapêutica.
  • Segurança.
  • Brinquedos.
  • Parques de recreio.
  • Automóvel.
  • Displays e publicidade.
  • Outdoors.
  • Industrial em geral.

Ampla gama de produtos

Existe uma infinidade de produtos que se podem obter por rotomoldagem com enorme diversidade de formas, diversidade de tamanhos, diversidade de cores, robustez e segurança:

  • Tanques e depósitos.
  • Caixas de ferramentas.
  • Piscinas infantis.
  • Parques recreativos.
  • Displays de produtos.
  • Brinquedos.
  • Produtos flutuadores (barcos, jangadas, etc.).
  • Brindes.
  • Produtos decorativos.
  • Tampas para equipamento elétrico e eletrónico de uso doméstico e industrial.